Analú Bailosa

Luso-brasileira, nascida e criada na Amazónia. Aos 18 anos mudo-me para Coimbra, onde passo a descobrir mais intensamente sobre um outro lado da minha história. Também é aqui que encontro a mim mesma, não sei se pela mudança de ares ou pelo estágio da vida, então junto as duas razões e somo motivos para chamar casa a mais um lugar.

O jornalismo foi uma escolha que variou entre a certeza e a incerteza desde cedo, mas fez sentido a partir deste projeto, que já é o mais bonito desafio de uma vida profissional recém-nascida. Concluo a licenciatura no Instituto Superior Miguel Torga com uma passagem pela Arteveldehogeschool, em Gante, Bélgica. Abraço e exploro, sem pressa, o caminho que se abre à minha frente. A minha única certeza: as mulheres que dele fazem parte.

Add What You Do